Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Orgão: Prefeitura de Brumadinho/MG - Banca: Gestão de Concursos - Ano: 2013

Analise as assertivas relacionadas às incumbências do enfermeiro segundo a Resolução COFEN nº 292/2004 que normatiza a atuação do enfermeiro na captação e transplante de órgãos e tecidos e assinale com V as assertivas verdadeiras e com F as falsas. 

( ) Notificar as Centrais de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos a existência de potencial doador. 

( ) Documentar, registrar e arquivar o processo de doação/transplante no prontuário do doador, bem como no do receptor. 

( ) Realizar a enucleação do globo ocular, desde que tecnicamente habilitado. 

( ) Planejar e implementar programas que visem a socialização e participação do transplantado no mercado de trabalho. 

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA. 

  • a) F F F F.
  • b) V F F V.
  • c) V V V V.
  • d) F V F V.

Comentários da Questão (1)

Rosângela
Rosângela Criado em 28/03/2014, 09:16h

CAPÍTULO I

Do Doador Cadáver

Artigo 1º Ao Enfermeiro incumbe planejar, executar, coordenar, supervisionar e avaliar os Procedimentos de Enfermagem prestados aos doadores de órgãos e tecidos, através dos seguintes procedimentos:

a) Notificar as Centrais de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos-CNNCDO a existência de potencial doador.
b) Entrevistar o responsável legal do doador, solicitando o consentimento livre e esclarecido por meio de autorização da doação de Órgãos e
Tecidos, por escrito;
c) Garantir ao responsável legal o direito de discutir com a família sobre a doação, prevalecendo o consenso familiar;

d) Durante a entrevista com a família e representante legal, fornecer as informações sobre o processo de captação que inclui: o esclarecimento sobre o
diagnóstico da morte encefálica; o anonimato da identidade do doador para a família do receptor e deste para a família do doador; os exames a serem
realizados; a manutenção do corpo do doador em UTI; a transferência e procedimento cirúrgico para a retirada; auxílio funeral e a interrupção em
qualquer fase deste processo por motivo de parada cardíaca; exames sorológicos positivos ou desistência familiar da doação;

e) Aplicar a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) no processo de doação de órgãos e tecidos;

f) Documentar, registrar e arquivar o processo de doação/transplante no prontuário do doador, bem como do receptor;

g) Transcrever e enviar as informações sobre o processo de doação atualizada para a CNNCDO;

h) Receber e coordenar as equipes de retirada de órgãos, zelando pelo cumprimento da legislação vigente;

i) Cumprir e fazer cumprir acordo firmado no termo da doação;

j) Executar e/ou supervisionar o acondicionamento do órgão até a cirurgia de implante, ou transporte para outra instituição;

k) Exigir documento de identificação da pessoa responsável pelotransporte do órgão/tecido, autorizado pela CNNCDO;

l) Fazer cumprir a Legislação que normatiza a atuação do Enfermeiro e Técnico em sala operatória;

m) Considerar a mesa auxiliar para perfusão de órgãos como campo operatório;

n) Acompanhar e/ou supervisionar a entrega do corpo à família;

Artigo 2º Realizar a enucleação do globo ocular, desde que tecnicamente habilitado pela Associação Panamericana de Banco de Olhos – APABO.

Artigo 3º Planejar e implementar ações que visem a otimização de doação e captação de órgãos/tecidos para fins de transplantes, dentre as quais se destacam:

a) Desenvolver e participar de pesquisas relacionadas com o processo de doação e transplante;

b) Promover e difundir medidas educativas quanto ao processo de doação e transplante de órgãos/tecidos, junto à comunidade;

c) Participar e organizar programas de conscientização dos Profissionais da Área da Saúde quanto à importância da doação e obrigatoriedade de
notificação de pessoas, com diagnóstico de morte encefálica;

d) Proporcionar condições para o aprimoramento e capacitação dos Profissionais de Enfermagem envolvidos com o processo de doação, através de
cursos e estágios em instituições afins;

e) Favorecer a assistência interdisciplinar no processo de doação/transplante de órgãos e tecidos;

http://novo.portalcofen.gov.br/resoluo-cofen-2922004_4328.html


Acompanhe o Enfermagem e Saúde