Questões de Deontologia - Ética e Legislação em Enfermagem

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Pentecoste/CE - Banca: CONSULPLAN - Ano: 2014

O profissional enfermeiro, ao infringir o código de ética, pode sofrer penalidades previstas, na sequência, como:

  • a) Censura e suspensão do exercício profissional.
  • b) Advertência verbal, multa, suspensão do exercício profissional.
  • c) Advertência verbal, multa, censura, cassação do direito ao exercício profissional e suspensão do exercício profissional.
  • d) Advertência verbal, multa, censura, suspensão do exercício profissional e cassação.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Parnarama/MA - Banca: NUCEPE/UESPI - Ano: 2014

De acordo com a Resolução 278/2003 do COFEN, que dispõe sobre sutura realizada por Profissional de Enfermagem, é CORRETO afirmar: 

  • a) É ato de Enfermagem, quando praticada por Enfermeiro Obstetra, a episiorrafia.
  • b) Em qualquer circunstância é vedado ao Profissional de Enfermagem a realização de suturas.
  • c) Os Enfermeiros poderão realizar sutura, desde que seja de pequena extensão com comprometimento de menos de 1/3 do tecido lesado.
  • d) Nos casos de Urgência/Emergência o médico pode delegar ao técnico e auxiliar de enfermagem a confecção de sutura, desde que não seja uma situação iminente de gravidade e risco de morte.
  • e) O Enfermeiro pode indicar sutura em casos de lesão cutânea simples e delegar ao técnico de enfermagem sua confecção.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Alagoa Grande/PB - Banca: IBFC - Ano: 2014

De acordo com o Decreto no 94.406/87, que regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, e resoluções do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), leia as frases e a seguir assinale a alternativa correta. 

I. É privativo do Enfermeiro: a organização e direção dos serviços de Enfermagem e de suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços.

II. É privativo do Enfermeiro e do Técnico de Enfermagem: a realização de cuidados de Enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos científicos adequados e capacidade de tomar decisões imediatas.

III. É privativo do Enfermeiro cumprir e fazer cumprir o Código de Deontologia da Enfermagem.

IV. Os procedimentos invasivos: sondagem vesical, sondagem nasoenteral (com fio guia introdutor) e sondagem nasogátrica (sem fio guia introdutor) são privativos do Enfermeiro.Estão corretas as frases:

  • a) II e IV, apenas.
  • b) I, II, III e IV, apenas.
  • c) I, III e IV, apenas.
  • d) Apenas a frase I está correta.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Hemodiálise - Órgão: EBSERH - Banca: IBFC - Ano: 2013

A Enfermagem é uma profissão que exige muita dedicação e atenção do profissional. Erros graves de técnicos de enfermagem e enfermeiros vêm acontecendo nos últimos anos, com penalidades aos culpados. As penalidades a serem impostas pelo Conselho Federal de enfermagem, conforme o que determina o art. 18, da Lei n° 5.905, de 12 de julho de 1973, são as seguintes:

  • a) Apenas censura e cassação do direito profissional.
  • b) Advertência verbal, multa, censura, suspensão do exercício profissional e cassação do direito profissional.
  • c) Cassação, multa, indenização e suspensão do exercício profissional.
  • d) Advertência verbal, indenização, suspensão do exercício profissional e cassação do direito profissional.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Hemodiálise - Órgão: EBSERH - Banca: IBFC - Ano: 2013

O Enfermeiro administrativo ao elaborar uma escala de trabalho para seus funcionários deve respeitar as leis trabalhistas vigentes. De acordo com o regime celetista o enfermeiro deve respeitar sempre:

  • a) Duas folgas/semana após no máximo seis dias trabalhados, 8 horas de descanso entre uma jornada e outra e no mínimo 1 hora de descanso em jornadas maiores de 6 horas.
  • b) Uma folga/semana após no máximo seis dias trabalhados, 8 horas de descanso entre uma jornada e outra e no mínimo 1 hora de descanso em jornadas maiores de 6 horas.
  • c) Uma folga/semana após no máximo seis dias trabalhados, 11 horas de descanso entre uma jornada e outra e no mínimo 1 hora de descanso em jornadas maiores de 6 horas.
  • d) Duas folgas/semana após no máximo seis dias trabalhados, 11 horas de descanso entre uma jornada e outra e no mínimo 1 hora de descanso em jornadas maiores de 6 horas.

Acompanhe o Enfermagem e Saúde