Questões de Deontologia - Ética e Legislação em Enfermagem

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: São Paulo - Banca: CONSULPLAN - Ano: 2011

NÃO é considerada uma infração ao Código de Ética de Enfermagem:
  • a) Promover a eutanásia ou participar em prática destinada a antecipar a morte do cliente.
  • b) Registrar informações parciais ou inverídicas sobre a assistência prestada.
  • c) Delegar suas atividades privativas a outro membro da equipe de enfermagem ou de saúde, que não seja Enfermeiro.
  • d) Sobrepor o interesse da ciência ao interesse e segurança da pessoa, família ou coletividade.
  • e) Abster-se de revelar informações confidenciais de que tenha conhecimento em razão de seu exercício profissional, a pessoas ou entidades que não estejam obrigadas ao sigilo.

Nível Superior - Cargo: Analista em Saúde - Enfermeiro - Órgão: Goiás - Banca: FUNCAB - Ano: 2011

Ao final do plantão, a enfermeira Rosa recebeu o telefonema de uma colega de trabalho justificando que iria chegar atrasada para assumir o turno da noite, por causa de engarrafamento. Chateada com esta situação, que vem se tornando rotineira, Rosa resolveu ir embora, mesmo antes de sua colega chegar. De acordo com o Código de Ética de Enfermagem, essa atitude é passível de punição por que:
  • a) não colabora com a equipe de saúde.
  • b) trata-se de abandono do paciente, sem a garantia da assistência.
  • c) presta assistência de enfermagem em caso de urgência.
  • d) trata da execução de atividades que não são da sua competência legal.
  • e) a assistência de enfermagem deve ser prestada sem discriminação de qualquer natureza.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: TCE/PB - Banca: FCC - Ano: 2006

Uma auxiliar de enfermagem está indecisa sobre o que fazer: a enfermeira a orientou para administrar o medicamento com leite, enquanto o enfermeiro supervisor lhe diz que não concorda com esse procedimento, porque os medicamentos à base de ferro devem ser administrados acompanhados de uma fonte de vitamina C. De acordo com Fayol, a indecisão da auxiliar de enfermagem deve-se
  • a) à falha de comunicação da auxiliar de enfermagem para com os superiores.
  • b) à estrutura matricial do serviço de enfermagem.
  • c) ao erro na funcionalidade da auxiliar de enfermagem.
  • d) à dualidade de comando.
  • e) à eqüidade gerencial entre a auxiliar de enfermagem e os enfermeiros.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: TCE/PB - Banca: FCC - Ano: 2006

Um profissional de enfermagem, após o término do horário de seu plantão, abandona o ambulatório sem garantir a continuidade da assistência de enfermagem a determinado cliente, que está em venóclise para tratamento quimioterápico. De acordo com o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, esse procedimento é
  • a) correto, tendo em vista tratar-se de um direito trabalhista.
  • b) vedado.
  • c) correto, posto tratar-se de um direito profissional.
  • d) aceitável, desde que o cliente tenha sido amplamente treinado para o auto-cuidado.
  • e) admissível, por não se tratar de cliente em estado grave.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: TCE/PB - Banca: FCC - Ano: 2006

Por ter cometido uma infração ética, foi imposto ao enfermeiro a suspensão do exercício profissional. Essa penalidade, após todos os tramites oficiais, consiste na proibição do exercício da enfermagem por um período NÃO superior a
  • a) 14 dias.
  • b) 21 dias.
  • c) 29 dias.
  • d) 35 dias.
  • e) 50 dias.

Acompanhe o Enfermagem e Saúde