Questões de Deontologia - Ética e Legislação em Enfermagem

Nível Médio - Cargo: Técnico de Enfermagem - Órgão: Prefeitura de Forquilha/CE - Banca: INSTITUTO NEO EXITUS - Ano: 2013

Assinale a opção CORRETA que apresenta a entidade de classe responsável pelo exercício profissional do Auxiliar Técnico de Enfermagem e Enfermeiros.

  • a) União dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.
  • b) Conselho Regional de Enfermagem.
  • c) Sindicato dos Enfermeiros.
  • d) Associação Brasileira de Enfermagem.
  • e) Escola da Cruz Vermelha.

Nível Médio - Cargo: Técnico de Enfermagem - Órgão: Prefeitura de Forquilha/CE - Banca: INSTITUTO NEO EXITUS - Ano: 2013

Ao deixar de administrar um medicamento no horário previsto o profissional comete:

  • a) Indisciplina.
  • b) Negligência.
  • c) Imprudência.
  • d) Imperícia.
  • e) Desobediência.

Nível Médio - Cargo: Técnico de Enfermagem - Órgão: Prefeitura de Itarumã/GO - Banca: CONSULTAR - Ano: 2013

Na maternidade de um hospital da rede pública, um técnico de enfermagem, ao preparar uma medicação, constatou que a dose prescrita era inadequada. O técnico decidiu administrar a medicação na dose adequada e não comentar o fato com ninguém para não prejudicar o médico. A conduta foi:

 
  • a) Ética, por evitar danos ao paciente e demonstrou conhecimento.
  • b) Ética, porque não denunciou o colega, demonstrando lealdade com a Equipe.
  • c) Ética, porque evitou danos ao paciente e exposição do colega de equipe.
  • d) Não ética, porque alterou a dosagem sem consultar o responsável pela prescrição.

Nível Médio - Cargo: Técnico de Enfermagem - Órgão: Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ - Banca: SMS/RJ - Ano: 2013

O técnico de Enfermagem não elevou as grades do leito de um paciente com confusão mental e agitação psicomotora. Essa situação caracteriza um ato de:

 
  • a) imperícia
  • b) negligência
  • c) desobediência
  • d) inabilidade

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro ESF - Órgão: Prefeitura de Cosmorama/SP - Banca: CONRIO - Ano: 2013

Durante suas carreiras profissionais, é provável que as enfermeiras cometam erros ao administrar medicações. Isto nada mais é do que uma consequência do fato de serem humanos. Agindo de acordo com o código de ética, a enfermeira (o) aceita a responsabilidade e o ônus de suas ações. Quando o erro é cometido uma das opções corretas a seguir é:

 
  • a) Aguardar e observar o paciente esperando que nenhum efeito colateral aconteça.
  • b) Esperar os efeitos colaterais aparecerem e tentar reverter com outras medicações ou ações.
  • c) A enfermeira reconhece o erro e comunica ao médico responsável ou a enfermeira chefe para devidas providências.
  • d) A enfermeira reconhece, mas guarda a informação para si, afim de não ser penalizada.

Acompanhe o Enfermagem e Saúde