Questões de Hanseníase - Tuberculose

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: EBSERH - Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora - HU-UFJF - Banca: AOCP - Ano: 2015

Assinale a alternativa que NÃO condiz com as etapas da avaliação neurológica para diagnóstico da hanseníase.

  • a) Teste de sensibilidade.
  • b) Teste de força muscular.
  • c) Palpação dos nervos.
  • d) Inspeção.
  • e) Exame PPD.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro - Órgão: EBSERH - Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora - HU-UFJF - Banca: AOCP - Ano: 2015

Sobre o modo de transmissão da hanseníase, é correto afirmar que

  • a) o homem e o cão são considerados as únicas fontes de infecção da hanseníase.
  • b) a transmissão se dá por meio de uma pessoa doente (forma infectante da doença - MB) sem tratamento, que elimina o bacilo para o meio exterior infectando outras pessoas suscetíveis.
  • c) estima-se que 90% da população não tenha defesa natural contra o M. leprae, e sabe-se que a susceptibilidade ao M. leprae não tem influência genética.
  • d) a principal via de eliminação do bacilo pelo doente e a mais provável via de entrada deste no organismo são as vias aéreas superiores (aerossóis), através de contato respiratório imediato.
  • e) a hanseníase também pode ser transmitida via congênita e nas relações sexuais.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Pentecoste/CE - Banca: CONSULPLAN - Ano: 2014

Em relação ao tratamento da tuberculose, aponte a alternativa ERRADA:

 

  • a) Nos casos em que o tratamento diretamente observado não for realizado por profissionais de saúde, não será considerado TDO para fins operacionais, inclusive para fins de notificação no SINAN.
  • b) A supervisão de tomada de medicação compartilhada ocorre quando o doente recebe a consulta médica em uma unidade de saúde, e faz o TDO em outra unidade de saúde, mais próxima em relação ao seu domicílio ou trabalho.
  • c) O uso de incentivos como lanche, auxílio alimentação, vale transporte não está recomendado como motivação para o tratamento diretamente observado.
  • d) O tratamento diretamente observado é mais que ver a deglutição dos medicamentos. É necessário construir um vínculo entre o doente e o profissional de saúde, bem como entre o doente e o serviço de saúde.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Pentecoste/CE - Banca: CONSULPLAN - Ano: 2014

O tratamento da tuberculose na criança tem algumas peculiaridades. Aponte a opção que traz observações coerentes a respeito:

  • a) A forma pulmonar na criança é exatamente igual à do adulto, com exceção do reduzido número de bacilos nas lesões.
  • b) Todos os pacientes pediátricos devem ter baciloscopia positiva, além de raio x sugestivo.
  • c) A prova tuberculínica pode ser interpretada como sugestiva de infecção M. tuberculosis quando igual ou superior a 5mm em crianças não vacinadas com BG, crianças vacinadas há mais de dois anos, ou com qualquer condição imunodepressora.
  • d) O lavado gástrico deve ser realizado sempre em todos os pacientes pediátricos.

Nível Superior - Cargo: Enfermeiro Plantonista - Órgão: Prefeitura de Apuiarés/CE - Banca: CONSULPLAN - Ano: 2014

A tuberculose continua sendo um grave problema de saúde pública. Em relação a esse agravo, aponte a opção CORRETA:

  • a) O tratamento para caso suspeito de tuberculose sem comprovação bacteriológica, ou seja, sem baciloscopia, pode ser iniciado por diagnóstico de probabilidade após tentativa de tratamento inespecífico, com antimicrobiano de largo espectro sem melhora dos sintomas e criteriosa avaliação clínica.
  • b) A atividade bactericida precoce é a capacidade de matar o maior número de bacilos o mais rapidamente possível, diminuindo a infectividade do caso-índice no início do tratamento. Em geral, após três a quatro semanas de tratamento com esquema antiTB que inclua fármacos com atividade bactericida precoce, a maior parte dos doentes deixa de ser bacilífero, diminuindo assim a possibilidade de transmissão da doença.
  • c) Os medicamentos com maior atividade bactericida precoce são a estreptomicina e o etambutol.
  • d) As manifestações clínicas da tuberculose na criança podem ser variadas. O achado clínico que mais chama atenção na maioria dos casos é a tosse, persistente por 15 dias ou mais. A hemoptise é frequente e há predomínio das formas extrapulmonares sobre a pulmonar.

Acompanhe o Enfermagem e Saúde