Bullying aumenta risco de alcoolismo entre adolescentes

Publicado por: - há mais de 7 anos
Tanto vítimas quanto aqueles que cometem atos de bullying estão em risco de abusar do consumo de álcool na juventude.
 

O resultado é de um estudo feito com quase 54 mil estudantes, com idade para o final do ensino fundamental e o ensino médio, e realizado entre 2009 e 2010 em diversos estados dos EUA. Os autores Keith King e Rebecca Vidourek, ambos da Universidade de Cincinnati, apontam ainda que mais de 38% dos adolescentes envolvidos em algum tipo de violência verbal ou física no ambiente escolar tinham os riscos de aumentar seu consumo de álcool e isso era ainda mais perigoso para os homens e minorias (como negros, gays e membros de religiões não-cristãs).

“O efeito do bullying no aumento do consumo de álcool é comum para todos os sexos, idades e raças, mas isso é pior em algumas populações. É interessante notar que tanto vítimas como algozes têm esse padrão alterado negativamente”, diz King. “Nós acreditamos que isso esteja relacionado com diversos outros problemas que levam ao bullying, como problemas familiares, transtornos mentais diversos ou problemas de relacionamento e socialização”, completa.

Além do álcool os pesquisadores notam também que a automedicação – ou mesmo uso de medicamentos com fins “recreacionais” – também é um problema observado entre esses adolescentes.

“O envolvimento da comunidade, escola e família é importante para que esses jovens tenham menos problemas no futuro e não somente no sentido de diminuir a violência do bullying em si”, resumem os autores.



Fonte: O que eu tenho?

TAGS: bullying

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde