I Encontro de Fiscalização da Região Norte – EFIS Norte será realizado em Rondônia O evento será voltado a fiscais, diretores, conselheiros e coordenadores de fiscalização dos Corens da Região Norte

Publicado por: - há 1 mês

O evento será voltado a fiscais, diretores, conselheiros e coordenadores de fiscalização dos Corens da Região Norte

O presidente do Coren-RO enfatiza que os participantes irão desfrutar de diversas palestras que trarão abordagens e temas do dia a dia da profissão

De 13 a 15 de julho, o Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO) com apoio do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) realiza o “I Encontro de Fiscalização da Região Norte – EFIS Norte”, com intuito de discutir as especificidades da fiscalização nos Estados amazônicos, como fiscalização em áreas de fronteiras, saúde indígena, populações ribeirinhas e quilombolas, dentre outras, além de discutir a cooperação entre Regionais para otimizar os procedimentos de fiscalização.

Para o Presidente do Coren-RO, Manoel Carlos Neri,  a realização do evento pretende alcançar uma ampla discussão e reflexão acerca das questões geográficas, técnicas e políticas que atingem diretamente na fiscalização do exercício profissional na Amazônia Legal, de modo a fortalecer políticas e diretrizes de fiscalização, que devem ser unificadas e considerar as especificidades de cada região. “O encontro poderá servir como um espaço importante para a reflexão sobre o papel desempenhado pelos profissionais que atuam na fiscalização do exercício profissional da Enfermagem”, pontua.

Durante os três dias de evento, fiscais, diretores, conselheiros e coordenadores de fiscalização dos Corens da Região Norte irão desfrutar de diversas palestras que trarão abordagens e temas do dia a dia da profissão, além de possibilitar a propositura de diretrizes e estratégias norteadoras da fiscalização para a região Norte do país, bem como discutir as problemáticas elencadas, traçar estratégias de fiscalização, propor diretrizes de fiscalização, ampliar o alcance da fiscalização, possibilitar a troca de experiências, tornar o processo de fiscalização mais efetivo, discutir acordos de cooperação entre os regionais, realizar ações de fiscalização com economicidade e combater o exercício ilegal e irregular da enfermagem.

Para o Coordenador do Departamento de Fiscalização do Coren-RO, Juan Irineu, o encontro será de grande importância e relevância para a fiscalização do exercício profissional do Sistema Cofen/Conselhos Regionais. “O evento possibilitará uma ampla discussão sobre cenários específicos e peculiares da região Norte, que envolvem a atuação da Enfermagem nas áreas fronteiriças, ribeirinhas, quilombolas e indígena”, evidencia.

O Norte do Brasil engloba os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, o que totaliza 225.685 profissionais de Enfermagem (11,86% do total de inscritos no país).

Fiscalização – A fiscalização é uma das atividades finalísticas dos Conselhos Regionais de Enfermagem, respaldado pela *Lei nº 5.905/73*, cujo objetivo é garantir uma assistência de enfermagem livre de imperícia, imprudência e negligência, além de prezar pela segurança profissional e do paciente.

O departamento de fiscalização é responsável por visitar as instituições de saúde públicas e privadas, verificar os serviços prestados, notificar irregularidades e ilegalidades ocorridas na unidade, orientar os profissionais e, também, apurar as denúncias enviadas ao Conselho.

Fonte: Ascom Coren-RO


O presidente do Coren-RO enfatiza que os participantes irão desfrutar de diversas palestras que trarão abordagens e temas do dia a dia da profissão

De 13 a 15 de julho, o Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO) com apoio do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) realiza o “I Encontro de Fiscalização da Região Norte – EFIS Norte”, com intuito de discutir as especificidades da fiscalização nos Estados amazônicos, como fiscalização em áreas de fronteiras, saúde indígena, populações ribeirinhas e quilombolas, dentre outras, além de discutir a cooperação entre Regionais para otimizar os procedimentos de fiscalização.

Para o Presidente do Coren-RO, Manoel Carlos Neri,  a realização do evento pretende alcançar uma ampla discussão e reflexão acerca das questões geográficas, técnicas e políticas que atingem diretamente na fiscalização do exercício profissional na Amazônia Legal, de modo a fortalecer políticas e diretrizes de fiscalização, que devem ser unificadas e considerar as especificidades de cada região. “O encontro poderá servir como um espaço importante para a reflexão sobre o papel desempenhado pelos profissionais que atuam na fiscalização do exercício profissional da Enfermagem”, pontua.

Durante os três dias de evento, fiscais, diretores, conselheiros e coordenadores de fiscalização dos Corens da Região Norte irão desfrutar de diversas palestras que trarão abordagens e temas do dia a dia da profissão, além de possibilitar a propositura de diretrizes e estratégias norteadoras da fiscalização para a região Norte do país, bem como discutir as problemáticas elencadas, traçar estratégias de fiscalização, propor diretrizes de fiscalização, ampliar o alcance da fiscalização, possibilitar a troca de experiências, tornar o processo de fiscalização mais efetivo, discutir acordos de cooperação entre os regionais, realizar ações de fiscalização com economicidade e combater o exercício ilegal e irregular da enfermagem.

Para o Coordenador do Departamento de Fiscalização do Coren-RO, Juan Irineu, o encontro será de grande importância e relevância para a fiscalização do exercício profissional do Sistema Cofen/Conselhos Regionais. “O evento possibilitará uma ampla discussão sobre cenários específicos e peculiares da região Norte, que envolvem a atuação da Enfermagem nas áreas fronteiriças, ribeirinhas, quilombolas e indígena”, evidencia.

O Norte do Brasil engloba os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, o que totaliza 225.685 profissionais de Enfermagem (11,86% do total de inscritos no país).

Fiscalização – A fiscalização é uma das atividades finalísticas dos Conselhos Regionais de Enfermagem, respaldado pela *Lei nº 5.905/73*, cujo objetivo é garantir uma assistência de enfermagem livre de imperícia, imprudência e negligência, além de prezar pela segurança profissional e do paciente.

O departamento de fiscalização é responsável por visitar as instituições de saúde públicas e privadas, verificar os serviços prestados, notificar irregularidades e ilegalidades ocorridas na unidade, orientar os profissionais e, também, apurar as denúncias enviadas ao Conselho.

Fonte: Ascom Coren-RO

TAGS: COREN-RJ

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde