Palestra do XII SEMAD aborda a Lei Geral de Proteção de Dados

Publicado por: - há 1 mês

Palestra teve condução do Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance

Os Conselhos de Enfermagem lidam diariamente com uma infinidade de dados pertencentes aos profissionais da categoria. É preciso compreender a relevância desta responsabilidade, bem como entender quais as obrigações regulatórias no tratamento das informações. O assunto foi tema da palestra “Lei Geral de Proteção de Dados”, que abriu o segundo dia do XII Seminário Administrativo do Sistema Cofen/Conselhos Regionais (SEMAD).

A palestra foi comandada por Lucas Paglia e Danielle Campello, integrantes do Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance. “O mundo não pode existir sem regras. A LGPD surge a partir de uma necessidade de se criar uma regulação mais rigorosa sobre a proteção de dados, seguindo uma tendência mundial”, afirmou Paglia.

“As autarquias que coletam dados pessoais precisam conhecer a legislação para que realizem o tratamento correto destas informações”, afirmou Danielle Campello

A LGPD estabelece uma série de princípios para o tratamento de dados, com o objetivo de fazer com que a sociedade saiba de que forma as suas informações pessoais serão utilizadas. Para Danielle, a lei é uma normativa de mão dupla, feita também para que os cidadãos entendam seus direitos. “Privacidade quer dizer poder. Por isso, as autarquias e empresas que coletam dados pessoais precisam conhecer a legislação para que realizem o tratamento correto destas informações”, acrescentou. 

Este é um tema atual, diretamente conectado com o trabalho nos conselhos e com a nossa vida diária”, destacou Lisandra Aquino, conselheira federal e mediadora da palestra.

 


Fonte: Ascom - Cofen

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde