Em projeto pioneiro no Brasil, Coren-AL e Cofen capacitam enfermeiros para inserção de DIU

Publicado por: - há 1 mês

A capacitação ocorreu de 12 e 16 de agosto, em Penedo e Arapicara, municípios de Alagoas

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) realizaram, entre os dias 12 e 16 de agosto, uma capacitação para 11 enfermeiros em Penedo e Arapiraca sobre consultas ginecológicas com o foco na saúde reprodutiva e na inserção de DIU, o dispositivo intra-uterino, por enfermeiros obstetras.

O objetivo é incluir a Enfermagem no fluxo de atendimento de saúde reprodutiva, através do Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto pioneiro foi idealizado pelo Coren-AL, financiado pelo Cofen e apoiado pela Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo), seccional Alagoas.

As prefeituras de Penedo e Arapiraca acolheram o protocolo e colocaram à disposição suas redes de serviços com o intuito de capacitar, nesse primeiro momento, profissionais da atenção básica. O coordenador da Comissão de Saúde da Mulher do Cofen, Herdy Alves, destacou que o Ministério da Saúde incentiva o que está acontecendo em Alagoas.

Após o treinamento, mulheres foram atendidas e 200 inseriram o DIU

“O Ministério da Saúde incentiva o cuidado da saúde reprodutiva. Este modelo, o de inserção de DIU por enfermeiros, atende as demandas do Ministério. Alagoas está contribuindo com a ampliação dos métodos contraceptivos e a saúde reprodutiva”, afirmou.

De acordo com o parecer do Cofen, o enfermeiro pode inserir o DIU desde que qualificado. Para o presidente do Coren-AL, Renné Costa, a Enfermagem é importante na mudança de indicadores e contribui, significativamente, para a redução da mortalidade materna e infantil do país.

“Através dessa parceria, nós vamos fortalecer os cuidados de Enfermagem em ginecologia no Estado. O profissional será capaz de identificar vulvovaginites, coletar papanicolau e fazer a inserção de DIU. A intenção é ampliar o acesso de mulheres a esse tipo de serviço”, destacou.

Foram realizadas 200 inserções de DIU e 215 consultas ginecológicas por enfermeiros

Capacitação – Durante o curso, houve uma seleção de mulheres aptas a inserirem o DIU, que foram captadas pela Saúde da Família do município. Com a presença dos membros da Câmara Técnica de Saúde da Mulher do Cofen e representantes do Coren-AL, foram realizadas rodas de conversas com mulheres e seus maridos sobre a importância do planejamento reprodutivo, explicação sobre o DIU e para o que serve, além de um bate-papo sobre mitos e verdades.

Foram realizadas 200 inserções de DIU e 215 consultas ginecológicas por enfermeiros. O primeiro dia foi de capacitação e instrução teórica. Antes do atendimento em mulheres, houve o treinamento em simuladores.

Segundo a enfermeira Dannyelly Dayane Alves da Silva, membro da Câmara Técnica de Atenção Básica do Coren-AL, outros municípios que tiverem interesse podem enviar um ofício para o Coren-AL mostrando interesse em aderir ao protocolo.





Fonte: Coren-AL

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde