Pesquisa de mestrado aborda a Lista de Verificação do Parto Seguro

Publicado por: - há 5 meses

Arlete Costa apresentou vídeo com profissionais de saúde

Com o objetivo de  construir um vídeo sobre a Lista de Verificação do Parto Seguro e analisar o conteúdo com especialistas da área de obstetrícia e sistematização da assistência de Enfermagem, a mestranda Arlete Costa, do Programa de Mestrado Profissional da Escola Superior de Ciências da Saúde- ESCS/FEPECS -DF, com parceria Capes/Cofen, realizou um estudo metodológico a partir da construção de tecnologia educativa com a participação de nove especialistas.

A pesquisa buscou construir um vídeo sobre a Lista de Verificação do Parto Seguro e analisar o conteúdo do vídeo com especialistas da área de obstetrícia, segurança do paciente e sistematização da assistência de enfermagem.

Joel e Gilney representaram o Cofen na apresentação

O coordenador da Comissão de Pós-Graduação do Conselho Federal de Enfermagem, Joel Mancia, participou da apresentação e ressaltou como o projeto é importante. “Esse é um projeto que pretende melhorar o atendimento da grávida no Sistema Único de Saúde (SUS). E também estende o entendimento sobre a Lista de Verificação do Parto Seguro a mais pessoas”, disse.

Além de Joel, o conselheiro federal Gilney Guerra também esteve na apresentação. O vídeo produzido aborda as principais causas de mortalidade materna, a Lista de Verificação do Parto Seguro e a Sistematização da Assistência de Enfermagem.

Como resposta a esta situação inaceitável, a Lista de Verificação da OMS para Partos Seguros foi criada com o objetivo de apoiar o uso de práticas essenciais de cuidados maternos e perinatais. A Lista aborda as principais causas dos óbitos maternos (hemorragias, infecções, parto obstruído e problemas de hipertensão), dos nascimentos mortos relacionados com complicações perinatais (cuidados perinatais inadequados) e mortes neonatais (asfixia no parto, infecções e complicações relacionadas com a prematuridade do parto). A lista foi elaborada após uma metodologia rigorosa e o seu uso testado em dez países na África e na Ásia.

Confira na íntegra o vídeo.

Fonte: Ascom - Cofen

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde