CNE propõe criação de diretrizes para EaD em Saúde

Publicado por: - 20 dias

Presidente do CNE recebeu Cofen em sua sede, em Brasília, nesta terça-feira (26)

Encontro com o presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Luiz Roberto Curi, nesta terça-feira (25), resultou em acordo a fim de criar uma regulação específica para o Ensino a Distância (EaD) em Enfermagem.

Na tentativa de criar um ambiente de diálogo, Curi destacou a intenção do CNE em atuar a fim de buscar um padrão de qualidade ideal para a formação dos profissionais de Enfermagem no EaD. “Temos que buscar isso, pois o ensino a distância vai se integrar ao ensino presencial como forma de mediação tecnológica. Temos que partir de um acerto de conduta para que consigamos vislumbrar um caminho de consenso com foco na qualidade”, pontuou.

O presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Manoel Neri, juntamente com o conselheiro secretário Lauro Morais apontaram os principais problemas encontrados na realidade das instituições de ensino da área pela Operação EaD, realizada em 2016. “Foram visitados 256 polos no Brasil todo. Não podemos nos calar diante das situações precárias de estrutura e falta de formação adequada encontradas em muitos polos”, afirmou Neri.

Manoel Neri, presidente do Cofen, Luiz Roberto Curi, presidente do CNE e Lauro Morais, conselheiro tesoureiro do Cofen

O presidente ainda ressaltou que o Cofen não possui posição dogmática quanto ao ensino a distância e que considera essencial o diálogo com o CNE para mudar este cenário, estabelecendo um marco regulatório a partir da realidade constatada. Para ambos os conselhos, o requisito básico é a excelência de qualidade da formação, que contemplaria diversos padrões como estrutura com equipamentos adequados, limitação de oferta por polo, justificativa regional, qualificações de docentes, garantia de estágios, práticas do polo, entre outros.

Nos próximos dias será formado um comitê com representantes dos ministérios, acadêmicos, conselhos, instituições de ensino que vão colaborar na instituição das diretrizes que serão, posteriormente enviadas para aprovação do ministro da Educação. “Com isso poderemos construir um novo parecer, com um novo padrão de qualidade, que corrigiria a regulação atual através de uma diretriz geral só para a EaD nos cursos de Saúde”, finalizou o presidente do CNE.

 

 

 

 

Fonte: Ascom - Cofen

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde