Fórum de Direitos Humanos e Saúde Mental tem participação do Cofen

Publicado por: - 19 dias

A conselheira federal do Cofen, Maria Luisa Castro, representou o Cofen no fórum

Salvador/BA recebeu, de 20 a 22/6, o 4º Fórum Brasileiro de Direitos Humanos e Saúde Mental, no campus Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Com iniciativa da Associação Brasileira de Saúde Mental (ABRASME), o evento contou com cerca de 1.500 participantes e teve apoio institucional do Cofen junto ao Conselho Regional de Enfermagem (Core-BA).

Na abertura do evento, a conselheira federal Maria Luisa Castro, representando o presidente do Cofen, Manoel Neri, reiterou o apoio da autarquia no fortalecimento da luta antimanicomial e na defesa dos direitos humanos e redução das desigualdades enfrentadas por segmentos compostos pelas mulheres, população negra, pessoas em situação de rua, população LGBT, dentre outros.

Maria Luísa ressaltou que o Cofen possui 2 milhões de profissionais de Enfermagem nos espaços de Saúde, agregando um grande número de trabalhadores adoecidos, principalmente no âmbito da Saúde mental, por conta das maçantes cargas de trabalho. “É necessário que assumamos as bandeiras colocadas neste espaço de debate e lutemos por todas as conquistas sociais na perspectiva do trabalho multiprofissional”, afirmou.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), também na composição da mesa de abertura, parabenizou a dedicação de todas as entidades na batalha para defender a luta das desigualdades e o enfrentamento à reforma psiquiátrica, que caminha contra a assistência humanizada. “É fundamental a reflexão sobre a garantia de direitos e o exercício da cidadania, bem como os processos de valorização e reconhecimento social das pessoas com experiências de sofrimento mental”, avaliou a deputada.

Organizada pelo Cofen e Coren-BA, a Tenda Paulo Freire de Educação Popular em Saúde, ofereceu um espaço de cuidados em Práticas Integrativas e Complementares (PICS) com práticas individuais e coletivas como auriculoterapia, reflexoterapia podal, rodas de conversa, terapia comunitária integrativa, bioenergética, aromaterapia e Qi Gong.

A proposta do fórum foi discutir as problemáticas e compartilhar diferentes formas de enfrentamento a cada uma das questões através dos diferentes espaços de debate distribuídos nos 12 eixos temáticos propostos.

Em sua 4ª versão, o Fórum Brasileiro de Direitos Humanos e Saúde Mental se consolida como um amplo espaço nacional para análise e troca de experiências na interface entre os Direitos Humanos e a Saúde Mental, agregando pessoas e instituições de todas as regiões do Brasil.



Fonte: Ascom - Cofen

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde