Estudantes realizam atividade no Plenário do Coren-PR

Publicado por: - há 3 meses

Alunos do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Paraná

O Coren-PR abriu o plenário para os alunos do oitavo período do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Paraná realizarem simulação de julgamento de processo ético, como atividade da disciplina de Ética e Bioética. A iniciativa tem como objetivo demonstrar – na prática – como são julgados os casos de erros profissionais que chegam ao conselho.

O juri simulado foi acompanhado pela presidente do Coren-PR, Simone Peruzzo, que orientou sobre todas as etapas da sessão. “O futuro enfermeiro precisa dessa compreensão, saber como acontece o processo, entender como é difícil, delicada e importante a tarefa de julgar um colega de profissão e valorizar a missão do Coren como órgão que visa o cumprimento da Ética”, afirmou.

Os alunos se dividiram em grupos com apresentação do caso, sustentação oral, discussão e votação. Para prepararem a atividade os estudantes receberam o caderno de legislação básica, editado pelo Coren-PR, com a íntegra do novo Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, Código de Processo Ético-Disciplinar e leis que regem o Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem.

A professora Karla Figueiredo explicou que a realização do juri simulado busca a aplicação prática do conteúdo previsto na grade curricular, “realizá-lo no plenário do Coren-PR foi uma verdadeira aula de ética, que ultrapassou as dependências da sala de aula e da universidade para a realidade e reflexão da prática profissional e responsabilidade ética e legal”.

O aluno Dhaniel Marinho falou sobre o reflexo positivo que a atividade teve, “a atividade mostrou o quanto a ética é essencial e determinante. A oportunidade de acompanhar a aplicação prática no ambiente do conselho foi fundamental para nosso entendimento”. Para Camila Lorenzetti, a metodologia ativa ajuda a fixar o conteúdo recebido em sala de aula. “O caderno de Legislação Básica que recebi do Coren-PR passou a ser meu guia”, afirmou.

“Aprendi hoje que o Coren é um lugar de reconhecimento e valorização profissional”, afirmou Amanda Rangel.

No final da simulação a estudante Janaína Pereira afirmou para toda turma: “ética é tudo na profissão, assim que conseguir o primeiro trabalho em uma rede hospitalar vou criar ou participar da Comissão de Ética”.

Atualmente no Paraná existem 45 Comissões de Ética de Enfermagem homologadas pelo Coren-PR e atuando efetivamente nas instituições de saúde.

 


Fonte: Coren-PR

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde