Coren-PR lança Piso Salarial Ético na semana da Enfermagem

Publicado por: - 20 dias

Coren-PR em reunião com representantes dos Sindicatos dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Paraná

O piso salarial ético proposto pelo Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR) foi apresentado nesta quarta-feira (2), em reunião com representantes dos Sindicatos dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Paraná.

Por meio de decisão, o Coren-PR indica que o piso salarial ético a ser pago pelas instituições públicas e privadas fica estabelecido em: R$ 4.050,00 para enfermeiro; R$ 2.800,00 para técnico de enfermagem e R$ 2.100,00 para auxiliar de enfermagem.

Segundo a presidente do Coren-PR, Simone Peruzzo, para definição destes valores o Plenário da autarquia partiu do preceito constitucional de que salário corresponde a indicação aos ganhos recebidos diretamente pelo empregado na contraprestação do trabalho. “Hoje, a situação salarial da maioria dos trabalhadores de Enfermagem é bastante insatisfatória, frente a natureza e extensão do trabalho realizado”, afirmou.

Representantes Sindicais – O presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Irati, Márcio Cordeiro, afirmou que a proposta do piso ético será um grande apoio nas negociações salariais em todo o Paraná.

Da mesma forma, a presidente do Sindicato da Saúde de Campo Mourão, Izaíra Ribeiro, destacou: “A anuência dos sindicatos à decisão demonstra a união entre as organizações ligadas aos profissionais da Enfermagem”.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Paranaguá, Jaime dos Santos, afirmou que “o piso ético é histórico no Paraná e será um grande benefício para toda a categoria da Enfermagem”.

A reunião contou com a participação do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com apresentação de análise de classificação, evolução e remuneração média da Enfermagem no Paraná, no período de 2006 a 2016.

Segundo os dados apresentados pelo supervisor técnico do Dieese, Sandro Silva, a Enfermagem apresenta evolução constante e o Paraná é o 5º estado em relação ao número destes profissionais no País.

O economista destacou ainda que “a busca por melhorias salariais é um grande desafio de todas as categorias e que a melhor conduta é sempre a de união das instituições”.

Fonte: Coren-PR

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde