Cofen participa de Congresso de Práticas Integrativas e Complementares

Publicado por: - há 4 meses

Stand do Cofen

Teve início na manhã desta segunda-feira (12), no Rio de Janeiro, o 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Saúde Pública (INTERCONGREPICS) e o 3º Congresso Internacional de Ayurveda, que reúne, de 12 a 15 de março, cerca de 5 mil profissionais de 25 países para discutir os avanços da incorporação das Práticas Integrativas (PICS) nos cenários internacional e nacional.

O Cofen, representado pelos membros da Comissão de Práticas Integrativas em Saúde (Marcelino Cavalcante, Inez Nery, Jurema Cláudia e Ana Cecília) e pelas conselheiras Maria Luísa e Rosangela Schneider (Gestão – 2018/2021), participa do evento com stand próprio. O técnico de Enfermagem Paulo Murilo, membro da Conatenf, também participa do evento.

“O evento proporciona o compartilhamento de experiências quanto a implantação e gestão das práticas integrativas e complementares pelos países que já utilizam em seus sistemas oficiais de saúde. O Cofen está em articulação com o Ministério da Saúde visando a regulamentação das práticas na Enfermagem”, ressaltou Marcelino Cavalcante, coordenador da Comissão.

Durante a cerimônia de abertura, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou a inclusão de 10 novas práticas na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares. Com as novas atividades, o SUS passa a ofertar 29 procedimentos à população. O Ministério da Saúde publicará portaria que definirá as diretrizes e modo de implantação dos procedimentos termalismo/crenoterapia e medicina antroposófica, que já eram oferecidas no SUS de forma experimental.

Os tratamentos utilizam recursos terapêuticos, baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para curar e prevenir diversas doenças, como depressão e hipertensão. São elas: apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, ozonioterapia e terapia de florais.

Em 2006, eram ofertados apenas cinco procedimentos. Após 10 anos, em 2017, foram incorporadas 14 atividades, chegando as 19 práticas disponíveis atualmente à população: ayurveda, homeopatia, medicina tradicional chinesa, medicina antroposófica, plantas medicinais/fitoterapia, arteterapia, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, termalismo social/crenoterapia e yoga.




 

Fonte: Ascom - Cofen

TAGS: cofen

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde