Paranavaí recebe R$ 7 milhões para melhorar atendimento hospitalar

Publicado por: - há 5 meses

O recurso vai qualificar e custear ações e serviços de média e alta complexidade oferecidos por uma unidade hospitalar da região

O município de Paranavaí (PR) acaba de receber um reforço do Ministério da Saúde de R$ 7 milhões para qualificar e custear ações e serviços de média e alta complexidade na Santa Casa de Paranavaí. Desse total são R$ 3,2 milhões destinados a habilitação de dez leitos dessa unidade hospitalar, além de 3,8 milhões em emendas parlamentares que já estão reforçando os serviços de urgência e emergência, voltados para média e alta complexidade do hospital. Os recursos foram anunciados pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, em reunião com municípios da região do Consórcio Amunpar, nesta sexta (02), em Paranavaí.

“Esses recursos são fundamentais para ampliar, qualificar e acelerar os atendimentos no SUS, sejam exames, cirurgias ou outros procedimentos. Representa um ganho relevante na qualidade dos serviços de saúde que são prestados nessa região.Isso só foi possível devido à eficiência econômica de R$ 3,2 bilhões alcançada em um ano de gestão. Estamos fazendo mais com o mesmo e reinvestindo tudo na saúde pública, porque o nosso foco é a população”, destacou o ministro Ricardo Barros durante a apresentação dos dados referentes a um ano de gestão à frente da pasta da Saúde.

Confira aqui a apresentação

Em 2016, este município e demais regiões que fazem parte do Consórcio Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná (Amunpar) foram contemplados com outros R$ 9,2 milhões, abrangendo outros seis serviços. Desse total foram R$ 1,2 milhão que beneficiam seis serviços que estavam funcionando sem contrapartida federal, entre eles SAMU, Rede Cegonha e Saúde Bucal. Para incrementar ainda mais os repasses, foram liberados outros R$ 7,9 milhões referentes a emendas parlamentares dos anos anteriores, que ainda não haviam sido pagas.

Além de Paranavaí, que é gestor do Amunpar, integram o consórcio os municípios de Alto Paraná, Amapora, Cruzeiro do Sul, Diamante do Norte, Guairaca, Inajá, Itauna do Sul, Jardim Olinda, Loanda, Marilena, Mirador, Nova Alianca do Ivaí, Nova Londrina, Paraiso do Norte, Paranapoema,  Planaltina do Paraná, Porto Rico, Querência do Norte, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Izabel do Ivaí, Santa Mônica, Santo Antonio do Caiua, São Carlos do Ivaí, São João do Caiua, São Pedro do Paraná, Tamboara e Terra Rica.

Por Gustavo Frasão, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315- 3533 / 3580

TAGS: ministério da saúde

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde