Vacina de febre amarela deve ser tomada pelo menos 10 dias antes de visitar regiões de risco

Publicado por: - há quase 3 anos
Vacina de febre amarela deve ser tomada pelo menos 10 dias antes de visitar regiões de risco

Quem for para regiões com risco de contaminação pela Febre Amarela deve estar atento ao prazo de imunização contra a doença. Isso porque a pessoa que toma a vacina só fica protegida depois de 10 dias que recebeu a dose.

Como a doença é transmitida através da picada dos mosquitos encontrados em áreas com matas próximas a rios, lagos e cachoeiras, os cuidados devem ser tomados com antecedência. É o que explica o diretor de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch."Alguém que vai para uma região, onde existe a transmissão da febre amarela, seja a trabalho, seja em turismo ecológico, e nunca tomou a vacina, deve tomar a vacina pelo menos dez dias antes. A vacina atualmente é oferecida no Brasil inteiro e é uma vacina muito eficaz e a recomendação é para que nas cidades dessas regiões, as crianças sejam vacinadas, devendo receber uma dose a partir dos nove meses de idade e um reforço a partir dos quatro anos de idade. No caso da pessoa já ter tomado uma dose da vacina e essa dose ter sito tomada há mais de dez anos, ela deve tomar um reforço e esse reforço é capaz de produzir a proteção imediatamente."

O universitário, Victor Rodrigues, estuda engenharia ambiental e pratica esportes radicais em regiões próximas a rios, lagos e cachoeiras . Por isso, ele conta que está atento aos riscos de ser contaminado pelo mosquito transmissor da febre amarela. "Quase todo final de semana eu vou para cachoeira, fazer trilha, e é importante ter a carteira de vacinação em dia. Tanto para a febre amarela, quanto para as demais vacinas, como a antitetânica, caso você machuque e pode pegar tétano. Teve um evento na Serra dos Pireneus, lá em Pirenópolis. A organização do evento exigiu a vacina da febre amarela e levar o comprovante de dez dias anteriores, para comprovar que você já estava imune. Então, é bastante importante ter a vacinação todas em dia. Quando tem campanha, principalmente a vacina da gripe, aí eu já vou e faço uma revisão de todas as vacinas."

 

O diretor de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, alerta para os sintomas da doença. "Os sintomas iniciais de febre amarela são parecidos com outras doenças infecciosas, em geral com febre, mal estar, vômitos, diarreia. A doença, em seguida, pode afetar o fígado e os rins, fazendo quem que a pessoa fique com a pele amarelada, podem surgir hemorragias, tanto na forma de manchas vermelhas e roxas na pele e este conjunto de problemas nos diversos órgãos pode levar à morte. Então, a grande preocupação é com as pessoas que entram em região de mata."

A vacina é a principal forma de prevenção contra a febre amarela e é oferecida pelo SUS em todo o país.

Fonte: Agência Saúde

TAGS: vacinação febre amarela

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde