Exame físico do Abdome

Publicado por: - há mais de 7 anos

Inicialmente, deve-se realizar o planejamento do exame físico, preparando o ambiente, o material e o paciente.

A entrevista antes da realização do exame do abdome apresenta-se de suma importância, com o objetivo de fazer a coleta de dados.

O abdome é a região do tronco compreendida entre o diafragma, músculo que o separa do tórax, e a pelve. Por definição, a cavidade abdominal está separada da cavidade torácica por intermédo do diafragma, na porção superior, mas está em continuidade com a cavidade pélvica, na porção inferior.

Para a realização do exame físico é necessário dividir o abdome para facilitar a descrição e a localização dos órgãos e pontos de referência relativos à dor ou presença de massa. São utilizados dois métodos: a divisão em quatro quadrantes e a divisão em nove regiões.

Para um exame sistematizado do abdome utilizam-se técncas instrumentais, obedecendo a seqüência: inspeção, ausculta, percussão e palpação.

A inspeção do abdome inclui a observação de sua superfície quanto à forma e ao contorno, à simetria, a características da pele e à ocorrência de movimentos visíves na parede. Quanto ao contorno, o abdome pode apresentar-se plano, arredondado, protuberante ou escavado. A forma do abdome pode estar marcada pela presença de saliências ou de protusões localizadas que, além de alterar a simetria, podem sugerir a existênca de massas, herniações ou visceromegalias. A pele da parede abdominal deve ser observada quanto à integridade à presença de cicatrizes, assim como outras marcas anormais como manchas, trajetos venosos dilatados e estrias.

A avaliação dos ruídos intestinais (ruídos hidroaéreos) constitui a principal finalidade da ausculta abdominal. Deve-se iniciar a ausculta pelo quadrante inferior direito e seguir em sentido horário. Os ruídos hidroaéreos devem ser descritos quanto à freqüência e intensidade.

A percussão direta ou ndireta do abdome auxilia na determinação do tamanho e da localização de vísceras sólidas e na avaliação da presença e distribuição de gases, líquidos e massas. Os sons produzidos são descritos como timpânicos ou maciços.

A palpação é realizada por meio da palpação superficial e profunda que auxiliam na determinação do tamanho, forma, posição e sensibilidade da maiora dos órgãos abdominas além de massas e acúmulo de fluidos. São considerados normais os achados de um abdome liso, de consistência macia, não tenso, não doloroso e sem órgãos aumentados ou massas.

TAGS: exame físico

Comentários (1)

rosimeire de oliveira campos
rosimeire de oliveira campos Criado em 29/10/2013, 19:35h

Adorei esse site.


Acompanhe o Enfermagem e Saúde