Banho no Leito

Publicado por: - há mais de 5 anos

Remova as roupas de cama e do doente. Coloque um plástico coberto por uma toalha seca por baixo do enfermo e da parte a ser lavada. Cubra o resto do corpo do paciente com um cobertor. Ponha uma bacia de água morna junto à cama. Esfregue o corpo do paciente com água morna e sabonete, usando para isso uma toalha ou uma esponja. Remova todo o sabão, enxagüe bem e cubra imediatamente. Troque a água da bacia várias vezes e não deixe que fique fria. Lave da cabeça para os pés (os pés podem ser colocados dentro da bacia) (POTTER, 1998).

POSIÇÃO CONFORTÁVEL

Mude de posição do leito, sentar e andar, quando possível evita deformidades e pressões anormais que podem causar irritações ou ferimentos (escaras); preserva a força e a flexibilidade dos músculos; retarda a fadiga ao leito. Ponha travesseiros, lençóis dobrados ou qualquer outro apoio sob a cabeça, para descansar os braços, por baixo dos joelhos e nos pés. Um bom descanso para os pés consiste em colocar uma meia enrolada formando um apoio redondo para a base do calcanhar. Quando o doente se deitar de lado, ponha um travesseiro entre as suas pernas e também como apoio das costas. Se quiser ou puder ficar na posição meio sentado, providencie apoio para suas costas (POTTER,1998).

Banho

• Deixe que o paciente escolha a melhor hora para o banho.

• Se ele puder tomar banho sozinho, organize todo o material necessário e coloque próximo dele.

• Não o deixe completamente só pois ele pode precisar de sua ajuda.

• Verifique a temperatura da água. Se houver redução da sensibilidade de algumas áreas do corpo, ele não perceberá as temperaturas muito altas.

• Aproveite para, depois do banho, massagear a pele com creme hidratante.

 

Cuidados com a pele

• Observe se há locais onde a pele parece avermelhada, principalmente ombros, nádegas e calcanhar.

• Caso haja regiões avermelhadas, é necessário providenciar um colchão tipo "caixa de ovo". Coxins bem macios ou protetores de espuma também podem ser úteis (peça orientação à equipe de enfermagem).

A massagem ativa a circulação e ajuda a evitar as escaras.

Higiene Bucal

• A higiene bucal deve ser feita pela manhã, à noite e após cada refeição.

• Procure uma escova de dentes bem macia, que se adapte melhor às necessidades do paciente.

NORMAS

01 - Trocar a água do banho sempre que necessário;

02 - Quando houver colostomia e/ou drenos, esvaziar as bolsas coletoras antes do banho ou troca-la,depois trocar as luvas e iniciar o banho;

03 - Quando o banho for dado em apenas uma pessoa, levando-se em consideracao que o paciente ajuda, seguir a mesma técnica, porem, sem esquecer de lavar as maos enluvadas, antes de manipular a roupa limpa;

04 - O uso de máscara para banho e opcional como rotina. Levar em consideração os pacientes altamente infectados.

Referências

POTTER, Patrícia A.; PERRY, Anne G. Grande Tratado de Enfermagem Prática: Clínica e Prática Hospitalar. 3.ed. São Paulo: Santos, 1998.

TAGS: BANHO NO LEITO

Comentários (1)

Gueu Abade
Gueu Abade Criado em 16/01/2015, 16:44h

Banho no leito é uma das diversas, cuidados essencial para recuperação de um paciente acamado.


Notícias relacionadas

Acompanhe o Enfermagem e Saúde