SAÚDE PÚBLICA: Diferença entre surto, epidemia, pandemia e endemia

Publicado por: - há 7 meses

SURTO: Acontece quando há o aumento repentino do número de casos de uma doença em uma região ou local específico. Para ser considerado surto, o aumento de casos devem ser maior do que o esperado pelas autoridades. Em algumas cidades, a dengue é tratada como surto (e não como epidemia), pois acontece em regiões específicas (um bairro, por exemplo).

EPIDEMIA: A epidemia se caracteriza quando um surto acontece em diversas regiões. Uma epidemia a nível municipal acontece quando diversos bairros apresentam uma doença, a epidemia a nível estadual acontece quando diversas cidades têm casos e a epidemia nacional acontece quando há casos em diversas regiões do país.

PANDEMIA: Em uma escala de gravidade, a pandemia é o pior dos cenários. Ela acontece quando uma epidemia se espalha por diversas regiões do planeta. Em 2009, a gripe A (ou gripe suína) passou de epidemia para pandemia quando a OMS começou a registrar casos nos seis continentes do mundo.  A AIDS, apesar de estar diminuindo no mundo, também é considerada uma pandemia.

ENDEMIA: A endemia não está relacionada a uma questão quantitativa. Uma doença é classificada como endêmica (típica) de uma região quando acontece com muita frequência no local. As doenças endêmicas podem ser sazonais. A febre amarela, por exemplo, é considerada uma doença endêmica da região Norte do Brasil.

TAGS: saúde pública

Comentários (0)

Acompanhe o Enfermagem e Saúde